SIC Continua a Dominar nas Audiências de Natal Pelo 18º Ano Consecutivo

sic natal 2023

SIC Continua a Dominar nas Audiências de Natal Pelo 18º Ano Consecutivo

A SIC celebrou mais uma temporada natalícia com uma liderança inabalável nas audiências, mantendo a posição de destaque pelo 18º ano consecutivo desde 2006.

Os números revelam o sucesso continuado da estação da IMPRESA, que dominou tanto na Véspera de Natal quanto no Dia de Natal.

Na Véspera de Natal deste ano, a SIC destacou-se com impressionantes 17,1% de share, superando os concorrentes com os 13,1% da TVI e os 11,2% da RTP1. O clássico “Sozinho em Casa” foi o programa mais visto do dia, alcançando um share de 30% e cativando 989 mil telespectadores, garantindo um aumento nas audiências em comparação ao ano anterior. O Primeiro Jornal, com 849 mil telespectadores, e o Jornal da Noite, com 652 mil telespectadores, conquistaram o segundo e terceiro lugares, respetivamente, entre os programas mais vistos do dia. Além disso, produções como “Vida Selvagem,” “O Quebra-Nozes,” “Cinderela: O Musical” e “Um Desejo de Natal” da SIC também alcançaram a liderança.

No Dia de Natal, a SIC manteve a sua liderança com 18,1% de share, superando a TVI com 13,2% e a RTP1 com 12,4%. Esta foi a maior vantagem da SIC no Dia de Natal desde 2019. Mais uma vez, o Jornal da Noite reinou como o programa mais assistido, atraindo 877 mil telespectadores. O filme “Sozinho em Casa 2: Perdido em Nova Iorque” foi o destaque do dia, liderando o prime time com 825 mil telespectadores. Outros programas como “Trolls,” “Asterix,” “Golpe de Sorte: Um Conto de Natal,” “Festival de Circo de Monte Carlo,” “Primeiro Jornal,” “Cinderela,” “A Bela e o Monstro” e “Lassie de Volta a Casa,” todos da SIC, também conquistaram a liderança nas suas categorias.

A liderança da SIC começou a afirmar-se logo no início do fim-de-semana de Natal, em 23 de dezembro, com um share de 15,6%, superando a TVI (13,1%) e a RTP1 (11%).

Conhece ainda a programação da SIC no Natal e Passagem de Ano.

Os resultados reforçam a posição da SIC como a escolha preferida dos telespectadores durante a época natalícia, consolidando a sua reputação como líder indiscutível nas audiências em Portugal.